Blog

29 Feb 2020

Quando eu era responsável por tretas jurídicas em 14 BUs e por uma equipe de 15 pessoas espalhadas por aí, eu vivia insone pensando em pepinos cuja decisão - e responsabilidade - seriam exclusivamente minhas. 

Normalmente tudo dava certo, eu recebia tapinhas nas costas e algumas promoções. Mas poderiam não dar. Poderiam dar muito errado e ter consequências desastrosas, incluindo meu próprio emprego e o de outras pessoas por quem eu era responsável. 

Eis que eu, que sofri muito com síndrome da impostora, que diversas vezes achei que estavam me fazendo um favor ao me promoverem (não importando o quanto eu trabalhava e era excelente no que eu fazia!), que já me senti uma fraude por estar naquela posição (mesmo ganhando metade do homem que a ocupou antes de mim com muito menos dedicaçã...

Please reload

Postagens em destaque

Kalindi - De mim para o mundo com todo o amor do mundo

December 17, 2018

1/5
Please reload

Posts recentes

November 19, 2018

November 10, 2018

November 1, 2018

October 2, 2018

September 4, 2018

August 29, 2018

Please reload

Arquivos