Blog

4 Jun 2018

Somos ensinados desde que nascemos a irmos em busca de um objetivo. A chegar “lá”. Dependendo do modelo mental de onde nascemos e crescemos ele será uma variável entre, estudar, se formar, ter um bom emprego, ficar o mais rico e famoso possível. 

As pessoas costumam gastar tempo refletindo sobre o que fariam se ganhassem na mega sena enquanto poucos param para refletir sobre o que esse “lá” significa e, principalmente, pq ele representa o que representa. 

Analisando melhor identificamos um ciclo comum de autosabotagem nesse mecanismo que nos leva a gastar tempo com algo cuja probabilidade de ocorrer é mínima e que, principalmente, foge absolutamente do nosso controle, ao invés de nos ocuparmos em identificar aquilo que nos bloqueia e nos impede de efetivamente alcançar nossos sonhos e objeti...

31 Dec 2015

Depois de um 2014 recheado de frustrações, um princípio de depressão, de um ano de medo, angustia e ansiedade, mas também de muito aprendizado e crescimento pessoal, meu 2015 começou com uma metáfora cuja extensão e profundidade não compreendi imediatamente, mas que hoje, após 365 dias vejo que veio para inaugurar o que viria a ser um dos melhores anos da minha vida.

Após uma virada de ano especial em uma das mais belas cidades do mundo, estávamos meu marido e eu, completamente perdidos, andando em círculos em vielas minúsculas que mais pareciam um labirinto, quando fomos literalmente resgatados pela generosidade e bondade humana de 3 estrangeiros que nos conduziram em segurança ao nosso hotel! Pessoas capazes de andarem quase 1 km com completos estranhos às 4 da manhã num frio de lascar ap...

6 Sep 2015

Existem alguns poucos momentos em nossas vidas em que sentimos estar exatamente no lugar certo, na hora certa e de que todo o Universo está conspirando a nosso favor naquele momento! Esses momentos são tão raros e podem acabar despercebidos ao coração mais desatento!

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”, disse a raposa ao Pequeno Príncipe e desde então esta frase tem justificado tudo quanto é tipo de acontecimento na vida das pessoas, sejam bons ou ruins mas ela nunca fez tanto sentido para mim como na última semana!

Sexta-feira passada, estava em Brasília a convite de uma amiga para palestrar sobre empoderamento feminino para um grupo de mulheres sensacionais que atuam na área de relações governamentais. O RGVP – RelGov Veste Prada – ou simplesmente As Pradas é...

4 Sep 2015

 

Está escuro e você está caminhando pela rua quando começa a ouvir passos atrás de você. A rua está deserta e o silêncio é total. Então, você ouve um barulho que parece um tiro. Sua respiração acelera. Seu coração dispara. Seus músculos enrijecem. Um segundo depois, você percebe que não era nada mais do que um gato pulando em uma tampa de lixo.

 

E se fosse um tiro? Quais sensações teriam sido provocadas no seu corpo? 

 

EXATAMENTE AS MESMAS!!! 

Esse exemplo ilustra que não há diferença entre o medo REAL e o medo INFUNDADO o que nos leva ao tema desse post: NADA é mais poderoso do que uma crença. Acreditar convictamente em algo faz com que qualquer coisa seja verdadeira aos nossos olhos (e ao nosso cérebro).

Quando temos convicção de que algo irá acontecer o nosso corpo se prepara e se condi...

5 May 2015

Essa foi uma semana extremamente difícil não só para mim mas para todos que tem algum apreço pela democracia. Foi uma semana de reflexão, de coração apertado e de muitas lágrimas, mas principalmente foi uma semana de angústia. Ler os comentários que circulavam na rede foi quase tão difícil quanto ver as imagens produzidas pelo massacre de 29 de abril de 2015. Houve quem tentasse acusar professores de black blocs (e nem vou entrar no mérito do porque ser um bloc não necessariamente é algo tão ruim assim), descarados defendendo as ações que deixaram 200 feridos por supostos 7 ou 8 "infiltrados". Houve, mais uma vez, muito discurso de ódio e muita gente "saindo do armário" de sua intolerância, demonstrando prontamente que o fim justifica os meios e houve até quem celebrasse com gritos de fute...

27 Nov 2014

Projetos como esse à primeira vista parecem positivos mas desconsideram um enorme prejuízo ao mercado de trabalho e à mulher profissional reforçando um machismo histórico que faz com mulheres do mundo todo sejam pior remuneradas, preteridas em promoções e em contratações quando em idade fértil ou com filhos pequenos.

Como ter uma sociedade igualitária quando a mulher terá que sair do mercado por 1 ano se optar ser mãe ao passo que o homem se afasta por meros 30 dias? Como exigir que o homem participe mais na criação de seus filhos quando a própria lei vem dizer que ele é doze vezes menos necessário do que a mãe?

A tendência, caso esse projeto seja aprovado é de duas uma: cada vez menos mulheres que desejem se manter no mercado de trabalho se permitirão ter filhos e, cada vez mais talentos fe...

Please reload

Postagens em destaque

Kalindi - De mim para o mundo com todo o amor do mundo

December 17, 2018

1/5
Please reload

Posts recentes

November 19, 2018

November 10, 2018

November 1, 2018