November 19, 2018

November 10, 2018

November 1, 2018

October 2, 2018

September 4, 2018

August 29, 2018

Please reload

Posts recentes

Kalindi - De mim para o mundo com todo o amor do mundo

December 17, 2018

1/5
Please reload

Postagens em destaque

Maya Angelou

10 Nov 2018

 

Esperei para ver o documentário sobre a vida da Maya Angelou somente após finalizar “Eu sei porque o pássaro canta na gaiola” e estou profundamente impactada com a força e o brilhantismo desta mulher! 


Mesmo já uma senhora, Maya transmite paixão, vibração e sensualidade que pulam da tela e nos contagiam quase querendo tocá-la e pegar um pouquinho dessa mulher gigante e que conhecemos pelo seu olhar de menina em uma leitura tão profunda. 

 

Maya foi cantora, jornalista, assistente administrativa em Gana, atriz, professora, pesquisadora, produtora teatral, historiadora, ativista pelos direitos civis. Foi principalmente uma pioneira e uma rebelde e fez da sua própria existência um símbolo de resistência. 

 

Uma mulher para todas nós nos orgulharmos por sermos também mulheres! 

 

Mulher Fenomenal - Maya Angelou 
Lindas mulheres indagam onde está o meu segredo 
Não sou bela nem meu corpo é de modelo 
Mas quando começo a lhes contar 
Tomam por falso o que revelo
Eu digo, 
Está no alcance dos braços, 
Na largura dos quadris 
No ritmo dos passos 
Na curva dos lábios 
Eu sou mulher 
De um jeito fenomenal 
Mulher fenomenal: 
Assim sou eu
Quando um recinto adentro, 
Tranqüila e segura 
E um homem encontro, 
Eles podem se levantar 
Ou perder a compostura 
E pairam ao meu redor, 
Como abelhas de candura
Eu digo, 
É o fogo nos meus olhos 
Os dentes brilhantes, 
O gingado da cintura 
Os passos vibrantes 
Eu sou mulher 
De um jeito fenomenal 
Mulher fenomenal: 
Assim sou eu
Mesmo os homens se perguntam 
O que vêem em mim, 
Levam tão a sério, 
Mas não sabem desvendar 
Qual é o meu mistério 
Quando lhes conto, 
Ainda assim não enxergam
É o arco das costas, 
O sol no sorriso, 
O balanço dos seios 
E a graça no estilo 
Eu sou mulher 
De um jeito fenomenal 
Mulher fenomenal 
Assim sou eu
Agora você percebe 
Porque não me curvo 
Não grito, não me exalto 
Nem sou de falar alto 
Quando você me vir passar, 
Orgulhe-se o seu olhar
Eu digo, 
É a batida do meu salto 
O balanço do meu cabelo 
A palma da minha mão, 
A necessidade do meu desvelo, 
Porque eu sou mulher 
De um jeito fenomenal 
Mulher fenomenal: 
Assim sou eu.
[Tradução de Rita Cammarota]

Ela foi, ela mesma, uma mulher fenomenal

Please reload